Agronegócio

Parcial do Mês

Indicador sobe quase 24% na parcial do mês e se aproxima do recorde
O Indicador ESALQ/BM&FBovespa (Campinas, SP) de milho está em alta consecutiva desde o encerramento de setembro. Nesta parcial de outubro (até o dia 23), o Indicador já subiu expressivos 23,87%, fechando a R$ 78,82/saca de 60 kg na sexta-feira, 23, o maior valor nominal da série do Cepea e próximo do recorde real, de R$ 81,4/saca de 60 kg, registrado no dia 30 de novembro de 2007 (os valores diários foram deflacionados pelo IGP-DI de setembro/2020). Segundo pesquisadores do Cepea, o forte avanço das cotações está atrelado à retração de vendedores, às aquecidas demandas externa e interna e à

Ontem, às 09h 10min

Valores Sobem

Com semeio atrasado e baixo excedente interno, valores sobem no Brasil
O baixo excedente interno, o cultivo tardio no Brasil e a valorização externa elevaram os preços da soja no mercado doméstico nos últimos dias. Ainda assim, as negociações estão em ritmo lento, devido à retração de produtores, que não têm interesse em negociar o restante da safra 2019/20. O pouco volume disponível no spot está sendo disputado por indústrias locais, que oferecem preços acima dos da paridade de exportação, algo incomum de se observar. Indústrias sinalizam não ter estoques longos, o que deixa avicultores e suinocultores em alerta quanto ao consumo de farelo de soja no primeiro

Ontem, às 09h 10min

Demanda Enfraquecida

Oferta aumenta, demanda se enfraquece e preços recuam
Os valores da raiz de mandioca registraram queda nos últimos dias, pressionados pela combinação entr

Ontem, às 09h 10min

Instituto Brasileiro

Ipea revê para cima a previsão para o PIB agropecuário de 2020
O Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada (Ipea) revisou a projeção da taxa de crescimento do produ

24/10/2020

Agronegócio

Setor de avicultura registra crescimento na produção de Rondônia
A avicultura no Estado de Rondônia, assim como no Brasil tem demonstrado significativo crescimento d

24/10/2020

Evento

Cerimônia de premiação da 5º edição do Concafé vai acontecer de forma online no dia 6 de novembro
A cerimônia de premiação da 5ª edição do Concurso de Qualidade e Sustentabilidade do Café de Rondôni

24/10/2020

ZARC

Novos zoneamentos do sorgo granífero e do milheto orientam produção agrícola
Foram publicadas no Diário Oficial da União desta sexta-feira (23) as Portarias de 303 a 350 com o Zoneamento Agrícola de Risco Climático (Zarc), ano-safra 2020/2021, para o cultivo do sorgo granífero e do milheto. O Zarc tem o objetivo de indicar períodos de menor risco para o plantio, reduzindo a probabilidade de ocorrerem problemas relacionados a eventos climáticos não desejáveis. Dessa forma, permite ao produtor identificar a melhor época para plantar, levando em conta a região do país, a cultura e os diferentes tipos de solos. O atual zoneamento agrícola de risco climático para o sorgo passou por grandes alterações. “Uma mudança fundamental foi a geração do Zarc específico para o

23/10/2020

Liquidez

Liquidez elevada e baixa oferta mantêm preço da laranja pera em alta
O ritmo de vendas de laranja continua aquecido em São Paulo, apesar do período de fim de mês e dos elevados preços da fruta. Esse cenário atrelado à baixa oferta mantêm os preços em alta. Para a laranja pera, a média parcial desta semana (segunda a quinta-feira) é de R$ 40,47/cx de 40,8 kg, na árvore, avanço de 1,6% frente à anterior. No caso da lima ácida tahiti, o clima desfavorável segue elevando a oferta de frutas miúdas. Dessa forma, os preços tiveram, novamente, forte oscilação ao longo da semana, mas ainda estão em bons patamares, sustentados pelo maior consumo. Na parcial desta semana, a tahiti teve média de R$ 54,37/cx com 27 kg, colhida, queda de 14,2% em relação ao período a

23/10/2020

Preços Concorrentes

Diferença entre preço da carne de frango e os das concorrentes é a maior da série
Os preços da carne de frango e das duas principais concorrentes, bovina e suína, seguem em movimento de alta no mercado doméstico neste mês. A proteína avícola, contudo, ainda se mostra como a opção mais competitiva, já que os valores desta carne têm se distanciado das cotações das concorrentes. Levantamento do Cepea mostra, inclusive, que a diferença atual entre os preços da carne de frango e os das concorrentes é a maior da série, iniciada em 2004, em termos reais (as médias mensais foram deflacionadas pelo IPCA de setembro/20). Segundo colaboradores do Cepea, a alta competitividade favorece a demanda doméstica pela carne de frango, que, por sua vez, tem impulsionado consecutivamente

23/10/2020

Projeção

Ipea revisa para cima projeção do PIB do agronegócio
O Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada (Ipea) revisou a projeção da taxa de crescimento do produto interno bruto (PIB) do setor agropecuário de 1,6% para 1,9% em 2020. O percentual anterior tinha sido divulgado pelo Ipea, no dia 1º de outubro, na Visão Geral da Carta de Conjuntura número 48. De acordo com o Ipea, a revisão foi feita com base nas novas estimativas do Levantamento Sistemático da Produção Agrícola (LSPA), do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE),para a produção agrícola em 2020, que foram divulgadas neste mês. Além disso, um estudo do Grupo de Conjuntura da Diretoria de Estudos e Políticas Macroeconômicas do Ipea levou em consideração projeções próprias

22/10/2020