Política
Projeto de Confúcio Moura cria linhas crédito às famílias de baixa renda para aquisição de equipamentos de energia fotovoltaica e eólica
Confúcio afirma que o projeto busca auxiliar as famílias de menor poder aquisitivo a reduzir o ônus gerado pelas despesas com o consumo de energia elétrica.

Publicado 26/11/2020
Atualizado 26/11/2020
A A
Foto: Assessoria

O Senador Confúcio Moura (MDB-RO) apresentou na quarta-feira (24), no Plenário do Senado, o Projeto de Lei nº 5239, de 20220, que oferece linhas de crédito para aquisição de equipamentos de energia fotovoltaica e eólica, com baixos juros, a famílias menos favorecidas.

O parlamentar argumenta que as famílias de menor poder aquisitivo, principalmente, sentem o aperto financeiro de forma mais evidente sobre seus orçamentos, em especial quanto às despesas relacionadas ao consumo dos bens e serviços mais básicos da economia. É o caso da energia elétrica.

Confúcio afirma que o projeto busca auxiliar as famílias de menor poder aquisitivo a reduzir o ônus gerado pelas despesas com o consumo de energia elétrica. “Propomos facilitar o financiamento da aquisição de equipamentos de geração de energia limpa para as famílias de baixa renda”, afirma.

Para o senador, as famílias poderiam gerar pelo menos parte de sua própria energia, o que resultaria em redução na conta da fatura. Segundo ele, tal economia poderia ajudar a pagar o financiamento para a aquisição dos respectivos equipamentos. “Uma vez quitada a operação de financiamento, a folga financeira das famílias poderia ser alocada conforme sua conveniência” destacou.

A proposição, trata-se, adicionalmente, de uma forma de incentivar o aumento do uso de energia limpa, afirma o senador. “Com essas medidas, espera-se um crescimento da geração de energia elétrica pelas fontes eólica e solar- fotovoltaica, com maior diversificação da matriz energética brasileira”, concluiu.

Fonte: Assessoria de Imprensa

Linhas de Crédito   Confúcio Moura   ENERGIA ELÉTRICA   FAMÍLIAS   Senado   Baixa Renda  

Mais em Política