Política
Comissão de Meio Ambiente do Senado deverá debater assuntos polêmicos nos próximos dois anos, afirma Confúcio Moura
O parlamentar assumiu a vice-presidência do Colegiado esta semana e disse que está preparado para este novo desafio

Publicado 26/02/2021
Atualizado 26/02/2021
A A
Fotos: Assessoria

O senador Confúcio Moura (MDB-RO) eleito na quarta-feira (24) vice-presidente da Comissão de Meio Ambiente do Senado Federal (CMA), para o biênio 2021/2023, disse que esta nova missão será um desafio em sua vida e destacou que o ecossistema e todas as políticas ambientais são as políticas do século. O colegiado é presidido pelo senador Jaques Wagner (PT/BA).

Confúcio Moura disse que o combate às desigualdades, o combate à pandemia, a preservação ambiental, a sustentabilidade, as políticas de compensações ambientais que devem ser aplicadas, a redução da emissão de gases do efeito estufa são assuntos importantes que, segundo ele, certamente entrarão nas discussões diárias da Comissão.

Para o parlamentar, todas as políticas de longo e médio prazos têm a ver com a preservação da vida na terra, preservação da vida humana, dos animais, dos peixes, da própria floresta e do meio ambiente seguro. Disse que são assuntos polêmicos, mas que está preparado para debatê-los.

Nesta sexta-feira (26), a Comissão de Meio Ambiente volta a se reunir às 11h para votar as emendas que serão encaminhadas à Comissão Mista de Orçamento (CMO). Os parlamentares também têm até às 18h para indicar quais políticas públicas do Ministério do Meio Ambiente devem ser acompanhadas pela CMA ao longo dos próximos dois anos.

Fonte: Assessoria de Imprensa

Assuntos Polêmicos   Senado Federal   Confúcio Moura   Políticas  

Mais em Política