Agronegócio
CITROS: Precipitações frequentes limitam qualidade das laranjas

Por Cepea
Publicado 22/01/2021
A A
Pixabay/Hans

As chuvas constantes das últimas semanas nas principais regiões citrícolas do estado de São Paulo não ocasionaram perdas nos pomares, mas estão limitando a qualidade das laranjas. De acordo com pesquisadores do Cepea, a elevada umidade do solo favorece a proliferação de doenças fúngicas. Além disso, com as precipitações frequentes, as frutas estão crescendo muito, fazendo com que a oferta de laranjas graúdas aumente – muitas vezes, atingindo tamanhos acima do desejado pelo mercado de mesa e com alta sensibilidade da casca. Nesse cenário, o número de laranjas destinado à moagem deve crescer nos próximos dias, já que as exigências de qualidade deste segmento são menores e que a demanda no mercado de mesa está desaquecida, o que típico para este período do ano. Na média da parcial de janeiro (até o dia 21), a laranja pera é negociada a R$ 39,41/cx de 40,8 kg, na árvore, 9% inferior à de dezembro.

Fonte: Cepea

Chuvas Constantes   Laranjas   Pomares   Doenças Fúngicas   Principais Regiões  

Mais em Agronegócio